sábado, 12 de junho de 2010

Custom até 250cc.

O Site WIKIligue Beta diz que o termo "custom" vem do verbo inglês to customiza (customizar). e que se refere a personalização de um produto que foi criado em série de forma industrial e impessoal e que oferece  possibilidade de modificação  de acordo com o gosto do dono.
As principais características destas motos são: garfos dianteiros inclinados para a frente,banco baixo,padaleiras avançadas, tanque em posição parelela ao chão, muitas peças cromadas e brilhantes, posição confortável para pilotar  e fazer grandes viagens. Desta forma são também chamadas de estradeiras.
São inspiradas nas motos americanas dos anos 50 e 60. daí que sempre que se fala em moto custom me vem á mente uma Harley Davison  e você o que pensa?
Mas neste artigo queremos falar das menores e que são fabricadas no Brasil, temos várias opções, pois vamos lá:
Começaremos pela caçulinha kasinski Mirage 150, apresentada no Salão Duas Rodas 2009 e lançada em 2010. possui rodas de liga leve, freio dianteiro a disco, suspensão Showa, tanque de 13 litros, potência de 13.4 cv e sysse bar de série com suporte para instalação de baú. Vem nas cores preta, azul e bordeux. O motorzinho é chinês mas dizem que com tecnologia italiana, o preço?  r$ 5.390,00 sem frete.
Comentário do Nilson: Ano e modelo 2010, linda com tudo em cima e sem injeção eletrônica, é uma pena!

Suzuki Intruder 125 cc.
Não chega a ser uma Custom no sentido pleno. Apresenta alguns cromados. Acho que entrou em linha no lugar da irmã maior que teve a sua produção descontinuado no Brasil a alguns anos.Acho que é a menorzinha de todas. Mas vamos ao dados: Rodas de liga leve, freio dianteiro a disco, tanque de 10,3 litros, potência de 13 cv . O site do fabricante diz que já vem completa de fábrica . Isso me leva a crê que vem pelo menos com o bagageiro. Partida elétrica deveria não ser opcional. Preço? r$ 5.375,00
Comentário do Nilson: Se você está a fim de uma 125 para sair do lugar comum eis aí uma boa opção. Ela ainda pode vir com a opção "moto de trabalho" versão Cargo. Desvantagem geral: ainda é carburada. A Suzuki tem que aprender com a irmã maior (Honda) a injetar motos de baixa cilindrada.

Dafra Kansas 150cc
A Dafrinha é um chuchuzinho você não acha? A marca é nova mais tem planos ambiciosos e a sua pequena custom chama a atenção. Tem bastante cromado mas o estilo não chega a ser retrô como  outras custom.Esta a exemplo da kasinski também vem com freio dianteiro a disco, rodas de liga leve, suspensão da marca Showa e bagageiro. Está disponível nas cores laranja, preto e prata. Vem ainda com indicador de marcha sobre o tanque de combustível com capacidade para 12 litros e pisca-alerta. As 150 cc do motorzinho chinês Zongshen  da Kansas desenvolvem segundo o fabricante 13.1 cv a 8400 rpm. Quanto ao preço, lá no site da montadora está escrito em letras miudinhas r$ 4.990,00. Sendo assim mesmo sem dúvida está bastante competitivo.

Comentário do Nilson: O motor de 150 cc, me parece ser o mesmo da Kasisnki Mirage  e 13 cv é uma potência rasoável para a proposta da maioria das motos custom de baixa cilindrada. Falta só saber quando a Dafra vai dispor de injeção eletrônica para toda a sua linha também.

Traxx Shark 250cc.
Pode ser um tubarão de rodas ou quem sabe um pedaço de jabá (charque). claro que quem escolheu o nome quis fazer uma associação com o rei dos mares. Tem quem diga que ela é feia! eu porém cheguei perto dela no Salão Duas rodas 2009, em São Paulo e a achei atraente, reluzente, bonita! É verdade que ´tem origem chinesa, (China South Industry Corporation Group-
 CSICG), mas a Traxx  informa no seu site que a está produzindo por aqui (Manaus)desde o ano passado (2009).Moto encorpada, possui bastante cromado como convém a uma custom. 2 escapamentos sobrepostos do lado direito, faróis auxiliares, roda de liga leve freio dianteiro a disco,  tanque de 11 litros, motor com 2 cilindros em linha, que produz  e 19.1 cv. a 8000rpm. Quem testou diz que não faz feio em relação a potência e que por ser ágil é ótima para transito urbano.
Comentário do Nilson: como pode se vê mais uma opção e com aspectos estéticos relevantes. a Traxx anuncia garantia de dois anos. A rede de concessionárias no entanto ainda é pequena, por outro lado a fabricante dá dois anos de garantia. Tenho contra a fato de ser disponibilizada em amarelo/preto e não haver informação de outras cores no site. O tanque minúsculo para a proposta de uma estradeira. Também não tem informação de consumo Km/l, mas com certeza a autonomia não é das melhores. Injeção eletrônica? também não, mas o preço informado é bom: r$ 9.257,00.

Garinni GR250T3:
A chamada do Site UOL carros do dia 07 de dezembro próximo passado diz: "Garinni é custom chinesa que queria ser Harley" De todas que apresentamos aqui a Garinni é verdadeiramente a mais custom. vendo a de perto tem-se a impressão que está diante de uma moto de cilindrada bem maior. Já vem de fábrica com Syssi bar, alforges, faróis auxiliares. para-brisa, alarme, partida por controle remoto, protetor e mata-cachorro. O motor muito custom é  bicilindrico  de origem chinesa em "V" e fornece 24.1 cv a 8000 rpm. Escapamentos sobreposto e devidamente cromados, freio dianteiro a disco em roda de liga leve, instrumentos sobre o tanque de combustível de 12.9 litros e transmissão por corrente.

Comentário do Nilson: É uma linda moto e vem nas cores preta e prata. Se você morar em Brasília não sei como fazer pra adquirir uma pois a revenda fechou no fim do ano passado (2009) e  a rede de concessionárias ainda é pequena. Ah!!!!!!!!!!Ia me esquecendo: também não tem injeção eletrônica de combustivel.

Kasisnki  Mirage 250:
A marca Kasisnki foi fundada pelo seu Abraão Kasisnki nos anos 90; aquele simpático senhor de mais de 80 anos ex dono da fábrica de auto peças  Cofap.Lá pelos 80 ele se emputeceu, vendeu a Cofap e disse pra todo mundo que ia descansar...Mas o seu descanso durou pouco. Logo logo estava o  irrequieto velhinho abrindo uma montadora de motocicleta. Para tanto fez uma parceria com a coreana Hionsong. Desta parceria surgiram as motos de 250 e 650 cc atuais da Kasisnki, que a bem da verdade agora pertence a CR( Cláudio Rosa, ex sundawm) Zongshen, Chinesa. Para uma melhor compreensão: a marca Kasinski foi mantida, porém pertence a uma parceria Sino-Brasileiro CR ZONGSHEN.
Devidamente apresentados vamos á moto: A Mirage 250 é uma moto Bonita e robusta. Na minha opinião não é assim tão custom quando a Garinni 250, mas vamos aos destaques: Acendimento automático dos faróis, pisca- alerta, três opções de cor, freio a disco, roda de liga leve e rede considerável de concessionárias (aqui em Brasilia já tem duas).
Comentário do Nilson: A meu ver esta  pode ser a mais estradeira destas custom até 250 cc apresentadas aqui. pois possui o motor V2 de 30.9 cv, com um tanque de 14 litros. O Aldo Tizzani do site moto.com diz que em teste ela fez uma média de 23 km/l, em percurso misto, com uma autonomia aproximada de 300km. A moto veja só, é  a única injetada desta categoria. E o preço? no site está falando que a partir de r$ 13.400,00 com pintura sólida.
E desta forma encerramos a apresentação das motos custom até 250cc fabricadas ou montadas no Brasil. Claro que não falamos de todas, mas não era a nossa intenção esgotar o assunto.
Se você tiver dúvida,crítica ou sugestão não se faça de rogado (a).  Por favor entre entre em contato conosco: r2motos@hotmail.com, ou 61 4101 3876.
Um abraço,
Nilson Silva.




 








23 comentários:

  1. Olá Nilson excelente matéria, tenho procurado uma custom de até 250cce me apaixonei pela mirage infelizmente a concercionária mais próxima fica a 500km de distância, obrigado

    ResponderExcluir
  2. esta semana estou adquirindo uma mirage 250cc, ano 06. pesquisei bastante e 95% da pesquisa indicou a mirage, por diversos fatores.Agora é só curtir uma estrada!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Iran Brandão, muito obrigado pelo elogio... cá pra nós a Bahia é terra muito boa.... Aconcessionária fica muito longe? não se faça de rogado! faça um estudo e um planejamento detalhado para implantar uma aí perto de vc! desperte o seu lado emprendedor!

    ResponderExcluir
  4. Oi Miqueias, obrigado por ter acessodo o R2. parabens pela decisão... pelo menos é algo assim diferente... fora do lugar comum a moto é estradeira mesmo e fico feliz que o nosso blog tenha te servido algum subsidio.
    Obrigado, fica Com Deus.

    ResponderExcluir
  5. boa noite nilson estou a procura de uma custon de 250cc mais to em duvida gostei muito da mirage eu moro rj oque vc me aconselha a moto é boa e a manutenção e assistencia técnica vc sabe se esta de bom atendimento se puder me ajudar eu agradeço um grande abraço e obrigado!

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Logan zero meia.
    Obrigado por ter acessado ao nosso blog e feito comentário pertinente.
    As custons de 250cc principais, foram as que nós listamos na matéria. Quanto á qualidade de atendimento e qualidade dos produtos é algo muito pessoal. Eu posso ter tido uma boa experiencia e outra pessoa pode não ter tido com a mesma marca. você entende né?
    Mas posso te dizer duas coisas que certamente te ajudarão um pouco?
    1- Veja a quantidade de motos vendida neste seguimento, se a que você pretende está está entre as mais vendidas da categoria.
    2 - Veja se em sua região tem revenda com assistência técnica. A moto que você citou na minha opinião tem um diferencial importante que é a injeção eletrônica.
    Um abraço, QQ coisa estamos por aqui!
    Nilson Silva.

    ResponderExcluir
  7. Os bons fabricantes não ficam no Brasil. E se por ventura alguns deles resolver ficar, certamente irão adaptar seus produtos ao padrão brasileirinho!

    ResponderExcluir
  8. Boa noite amigo! Obrigado por ter dado sua opinião. Seu comentário tem fundamento. Nós porém somos dos que crêem que a concorrência é um santo remédio para que se resolva a qualidade dos produtos. Esse bons fabricantes aos quais se refere com certeza estão de olho no nosso grande mercado.
    Um abraço fica com Deus!!!

    ResponderExcluir
  9. Olá. meu nome é Carlos Lacerda, moro no DF. Fui conhecer a Mirage 250 da kasinski hoje e claro; me apaixonei né. Mas ainda tenho q esperar um ou dois meses p comprar, pq ainda nao tenho toda a grana e pagar juros aos bancos, nao dá né? A moto é linda a bessa...abs

    ResponderExcluir
  10. Olá Carlos, obrigado por ter acessado ao R2motos.
    Também moro no DF e concordo que a moto é apaixonante. A seu exemplo também fui na concessionária vê-la a achei linda, Mas ainda não tive coragem de trocar a minha on/off road 2007. Mas no dia eles estavam com uma promoção interessante de 50% de entrada e o restante em 24 meses sem juros. No começo do ano com certeza outras promoções virão.
    Um abraço, fica com Deus.

    ResponderExcluir
  11. Caros internautas. Sou motoqueiro desde 1985 e tenho alguma experiência no ramo, mas não em motos custom. No início do ano me deixaram experimentar uma Mirage 250 e realmente achei muito linda, embora um pouco pesada (deve ser minha falta de costume). Mas para os que são aficionados, a Mirage 250 é de encher os olhos, além de ter uma boa rede de assistência no país (até aqui em Boa Vista-RR tem uma).
    Boa sorte a todos.

    ResponderExcluir
  12. Boa sorte pra vc tb profossor Vilmar. Muito obrigado por ter acessado o nosso Blog e feito comentário apropriado.
    Um abraço,
    Fica com Deus,
    Nilson Silva.

    ResponderExcluir
  13. valeu nilson,eu estava em duvida sobre a custom,mas agora com seus comentarios,vi que e a moto certa pra min,um abraço.

    ResponderExcluir
  14. Olá José, boa noite o muito obrigado por ter acessado ao nosso blog.Fico feliz que nossas postagem tenham ajudado você de alguma forma.

    ResponderExcluir
  15. Ola estou comprando uma nesta semana a miragem 2012 ela e lindaaaa

    ResponderExcluir
  16. Olá Nilson e pessoal. Tenho uma Miraginha (150) e também sou aficcionado por motos custom. Final de ano tô trocando para uma 250 e no começo de 2013 tô indo para o Uruguai a partir de Salvador. Quem tá na dúvida pode comprar uma mirage que não se arrependerá, o único ponto negativo é que elas não são muito econômicas, mas nada que assuste. A minha Miraginha faz na média 34 km/l. Já as 250 fazem 23, mais ou menos. Parabéns pelo blog e um abraço a todos

    ResponderExcluir
  17. Oi José dias obrigado pelo Elogio. Quanto a ir para o Uruguai faço votos de uma boa viagem e que Deus possa protegê-lo. Você é um cabra macho. Eu fui no ano passado e não consegui achar um filho de Deus que tivesse coragem de descer comigo. Quanto á moto, que bom que esteja feliz com a Mirage, já ví gente cortando esse Brasil com uma Mirage 250.Felicidades em seu empreendimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Nilson,acabei de ler a materia e seus comentarios a respeito da Mirage,achei a moto linda e ja estava querendo uma,agora vou correr atras.Tenho uma Vblade 250 e vou tracar pela Mirage,vc acha que é uma boa troca?Abraço e fica em paz.


      Eneias - SP

      Excluir
  18. Oi Enéias, fico feliz pela sua participação. A matéria sobre motos custom até 250cc é de junho de 2010. De lá pra muita água passou debaixo da ponte. Alguns modelos e marcas deixaram de existir, como a finada Sundown montadora da V Blade.
    A Kasinski é uma marca em expansão, com concessionárias praticamente em todos os estados e está com um diferencial importante que é 3 anos de garantia. A moto realmente é bonita, tem injeção eletrônica e que eu saiba é a única na categoria (custom 250cc), em linha no momento.Pessoas já me relataram algum problema referente á mecânica, mas acho que nada assustador não. Senão não dariam uma garantia de três anos. Se fosse eu trocaria sim sem pestanejar a V blade pela Mirage,ok?. Um abraço fica com Deus e qualquer coisa estamos por aqui!

    ResponderExcluir
  19. Olá Nilson tudo bem?
    gosto muito do estilo custom, e estou querendo adquirir uma porém não sei qual pois estou em dúvidas entre a MIRAGE 150CC e a KANSAS 150CC, gostaria de saber qual entre as duas seria melhor na sua opinião...
    obrigado,

    Priscilla - Caldas Novas - GO

    ResponderExcluir
  20. Oi Priscilla Lopes, obrigado por ter visitado o nosso blog e pedido a nossa opinião.Vamos então colocar alguns números pra clarear as idéias. Segundo a Fenabrave a Kasinski Mirage 150 é a motos Custom mais vendida no Brasil, com 17,87 de participação no segmento Custom. A Dafra Kansas 150 vem logo em seguida com 12,90% de participação.As vendas das duas caíram bastante de janeiro a setembro. Porém a queda da Dafra Kansas 150 foi bem maior segundo a Abraciclo. Particularmente gosto mais dos atributos estéticos da Mirage. Mas antes de você decidir veja qual das duas tem concessionária na sua cidade ou nos proximidades.Observe também a qualidade do atendimento, reposição de peças e outros. Para isto converse com algum proprietário das duas marcas. Olhe também a Garantia. A Kasinski informa que dá 3 anos de garantia contra apenas um da Dafra. Agora que você já tem as informaçoes básicas, tome a decisão e boa sorte.

    ResponderExcluir
  21. Olá Nilson!

    Parabéns pela matéria.
    Meu nome é Daniel e eu adquiri recentemente uma mirage 150cc. Antes tinha uma FAZER 2011. A troca se deu pelo motivo de roubo (que talvez só não seja comparado às Hondas) e também pelo gosto das custons. A patroa (hehe) não deixou eu adquirir a Mirage 250cc, nunca mais andei de FAZER e sei também que se andar, eu me arrependerei porque quem já andou em 250cc, voltar para 150cc é sofrível em termos de velocidade (óbvio), mas já me acostumei. Comprei parabrisa e protetor de motor wild style na miraginha e tá show. Apresentando só problema no cabo do velocímetro. De resto, por enquanto está show de bola. Vou comprar uns alforges agora, mas entendo uma coisa. Logo mais trocarei para uma 250cc, e no caso tem que ser a mirage, pois as de outras marcas, Midnight star e Shadow já custam bem mais caro. Mas será que valem estas duas no lugar da Mirage 250cc? Quem sabe não opto por estas daqui a um bom tempo. Abraço a todos os amantes das Custons!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniel. Obrigado pelo comentário. Me parece que de 250 cc custom só sobrou mesmo a Kakisnki Mirage. de todas que listamos. Na minha opinião é uma moto Bonita, atraente, reluzente (tem muito cromado).Acho que é um custo/beneficio ótimo. Infelizmente depois dela só temos a Mirage 650. Penso que o mercado tem demanda para uma cilindrada intermediária, na faixa das 300 até 600cc.

      Excluir